4 dicas para fazer um networking eficiente.

Olá!

Tudo bem com vocês?

Achei interessante este texto e resolvi compartilhar com vocês.

A matéria é da Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios .

4 dicas para fazer um networking eficiente.

Com a alta taxa de desemprego, a rede de relacionamentos profissionais é ainda mais essencial.

No primeiro trimestre de 2016, o IBGE registrou uma taxa de desemprego de 10,9% no Brasil. O número é o mais alto desde a criação da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) em 2012. O cenário crítico do mercado de trabalho faz com que manter rede de contatos profissionais seja algo cada vez mais importante. “Quem está trabalhando está inseguro. Quem está desempregado busca uma recolocação. Esse é um momento fundamental para ambas as partes fazerem networking”, afirma a coach Cibele Nardi.

O networking é essencial para uma estabelecer rede de contatos sólida.

Redes sociais profissionais dão um alívio nesse aspecto, mas não podem ser a única forma de se manter conectado com outras pessoas ativas no mercado. “O networking não se limita a cartões de visita e redes sociais. Ele deve estar inserido no dia a dia do profissional. E isso não é fácil. É uma prática cansativa, que demanda atenção”, diz Maria Ester Pires da Cruz, gerente do núcleo de carreiras do Insper. Confira as dicas de Cibele e Maria Ester para não errar no networking.

  1. Vínculos

O profissional também deve se esforçar para manter seu networking atualizado. “Mesmo que esteja sem vontade, é sempre bom ir a feiras, cursos e palestras. Nesses tipos de eventos, as pessoas estão em busca desse tipo de vínculo profissional”, afirma Maria Ester. A especialista também recomenda levar sempre cartões de visita.

cartão de visita

Esse tipo de relação leva tempo e não pode parecer forçada. Para que o profissional seja recomendado a uma vaga ou qualquer oportunidade, precisa estabelecer uma conexão afetiva. “Não é porque você já encontrou uma pessoa em duas ocasiões que já pode tratá-la como grande amiga”, alerta Cibele.

  1. Organização

É sempre bom manter esses contatos em alguma agenda, celular ou planilha. A melhor forma de organizá-los é categorizar por áreas de atuação e habilidades.

agenda

Assim, fica mais fácil separar quem realmente faz parte da sua rede de relações profissionais. “Existem diversas formas para organizar os dados daquelas pessoas com quem é bom manter contato”, diz Cibele. Dentre os métodos de organização, também é bom escolher só um para não se confundir.

  1. Troca

O networking é uma habilidade cada vez mais valorizada no mercado e consiste em uma relação entre profissionais. “O contato que você faz através do networking não deve ser usado só na hora em que existe necessidade. A relação deve ter uma troca produtiva. É uma via de mão dupla”, afirma Cibele.

contatos

Buscar seus contatos apenas em momentos de necessidade pode causar uma impressão negativa. A aproximação deve ser feita de forma natural e confiável. “O outro deve saber que também pode contar com você em momentos que precisa de ajuda”, diz Maria Ester.

  1. Imagem

Imagem

Para que a relação entre profissionais aconteça, é preciso transmitir credibilidade. Isso é mostrado pela postura da pessoa, seja no mundo real ou virtual. “Tem que tomar cuidado com a forma com que você se mostra ao outro também pelas redes sociais. Um partidarismo muito extremo em assuntos polêmicos, por exemplo, pode ser prejudicial para o seu networking”, explica Cibele.

Texto – PEGN – Talita Monaco.

O networking é essencial para uma estabelecer rede de contatos sólida.

Gostaram da dica?

Um abraço.

2 thoughts on “4 dicas para fazer um networking eficiente.

Comente aqui.