Alimente-se melhor.

Alimente-se melhor.

Alimente-se melhor.

Quatro dicas para começar (hoje) a lanchar entre as refeições

Foi-se o tempo em que apenas três refeições por dia eram indicadas por profissionais de saúde. Hoje já se sabe que passar longos períodos sem comer pode ter consequências importantes para o organismo, inclusive a diminuição do metabolismo e a queda do gasto calórico.

A ideia por trás dos lanches entre as refeições é simples: esses lanchinhos quebram o jejum controlando o apetite até as próximas refeições de grande porte. Isso ajuda você a ficar mais ativo entre as refeições e de quebra sem acúmulo de gordura, uma vez que se cria uma rotina para o organismo, que passa a usar a energia adquirida no lanche para realizar suas funções.

Gostou da ideia? Então confira quatro dicas para acertar na hora do lanche:

Organize sua rotina: os horários dos lanches podem e devem se adequar à sua rotina. Isso porque nem sempre a marcação de refeições a cada três horas se encaixa na rotina agitada. Por isso, se você costuma almoçar tarde, opte por fazer duas refeições intermediárias antes do almoço, por exemplo. Ou, ainda, adicione um pequeno lanche antes da ceia e do jantar.

 

Use e abuse dos alarmes e lembretes: muitas vezes a rotina agitada é a culpada pelos lanches esquecidos, por isso, aposte nos lembretes na mesa no trabalho (vale usar aqueles blocos autocolantes ou alarmes no celular para evitar perder o horário).

Faça boas escolhas no mercado: em suas compras semanais, aposte em frutas, legumes, grãos e proteínas magras para levar para o trabalho ou academia. Uma porção de frutas ou uma proteína magra acompanhada de pães com grãos, por exemplo, é uma ótima pedida para o lanche da tarde. Para completar as boas escolhas, opte por lancheiras térmicas para condicionar e transportar os alimentos.

Use as barrinhas de cereais como aliadas: figurinha carimbada nas gavetas dos escritórios, as barrinhas de cereais são uma aposta prática e rápida para os lanches no meio da tarde, isso porque elas ajudam a manter o nível de glicose no sangue estável e evita aquela fome entre as refeições. Vale apostar nos produtos que contenham oleaginosas e sementes, além daqueles adoçados com a própria fruta ou com mel.

Aproveite as dicas e alimente-se melhor.

Um abraço.

Comente aqui.