Dicas para liberar espaço no smartphone.

Dicas para liberar espaço no smartphone.

Dicas para liberar espaço no smartphone.

Um dos maiores problemas encontrados pelos usuários de smartphones é a falta de espaço. Basta instalar os aplicativos mais populares, baixar algumas músicas e tirar fotos, que o armazenamento lota.

Para evitar problemas com o excesso de arquivos armazenados, existem algumas ações a serem feitas com frequência para deixar o seu aparelho sempre com um espaço a mais.

Limpar o cache.

Talvez não pareça, mas dados armazenados em cache podem ocupar um grande espaço dentro do seu aparelho. Para apagar, vá em Configurações > Armazenamento > Limpar cache.

Esvaziar a pasta de download.

Assim como em computadores, o Android armazena pastas de downloads com tudo o que você já baixou pela web ou por aplicativos.

Na lista de aplicativos, abra “Downloads” para conferir a pasta. Delete o que não for útil ou a pasta inteira.

Deletar fotos após o backup.

Quando fizer o backup de fotos, seja no computador ou na nuvem com apps como o Google Fotos, Drive ou Dropbox, vá até a galeria e delete todas as imagens. Aprenda a fazer desse costume uma rotina.

Gerenciar músicas e podcasts.

Faça sempre uma seleção rigorosa de podcasts, músicas, artistas ou álbuns baixados no seu dispositivo, principalmente de aplicativos de streaming. Delete os episódios de podcasts já ouvidos e deixe apenas as músicas que você está realmente ouvindo no momento.

Excluir localizações offline no Google Maps.

O Google Maps oferece um recurso que faz o download de áreas para que elas fiquem disponíveis offline. No entanto, a prática consome muito do armazenamento do aparelho.

Para deletar essas áreas, toque no menu de três linhas no Google Maps e depois em “Áreas offline”.

Deletar os aplicativos menos usados.

Para economizar espaço no smartphone, o ideal é deletar os aplicativos menos usados. Mas isso não significa que você terá que deixar de usá-los; basta escolher aqueles que contam com uma boa versão mobile para que o acesso seja feito pelo navegador.

No caso do Facebook, por exemplo, usuários Android podem usar a versão “lite” do aplicativo.

Gostaram das dicas?

Comente aqui.