H1N1 – Tudo que você precisa saber sobre essa doença e como se proteger.

H1N1 – Tudo que você precisa saber sobre essa doença e como se proteger.

Olá!

Tudo bem?

Duas letras e dois números que não saem da cabeça dos brasileiros. O vírus H1N1 voltou esse ano um pouco mais cedo do que os especialistas esperavam e já causou 75% dos casos de doenças respiratórias registrados no país em 2016. Apesar de causar muita preocupação, o importante é conhecer a doença para se proteger de forma correta e segura.

O vírus da gripe é chamado Influenza. Porém existem três tipos: A, B, e C. O Influenza C é a gripe comum, e não causa nada além daquele mal-estar incômodo. Já os tipos A e B são mais preocupantes, pois podem causar epidemias sazonais. A onda de H1N1 é culpa só do tipo A – e por outras pandemias, como a grupe suína e a aviária.

h1n1

Os sintomas são bem semelhantes aos da gripe comum, porém com maior intensidade. Febre acima de 38º, tosse forte, falta de ar, dor de garganta, calafrios, falta de apetite, vômitos e diarreia são os principais.

Na H1N1, o paciente contagiado fica bem mais enfraquecido e os primeiros sintomas ocorrem cerca de 3 a 5 dias após o contágio. A principal forma de transmissão da doença é através das mãos, por isso evite contato com os olhos, boca e nariz depois de tocar em qualquer objeto, pois eles podem estar contaminados.

O Influenza A também pode ser transmitido pela tosse, espirros ou pelo contato com a saliva de alguém já contaminado.

ATENÇÃO – Sempre que possível lave as mãos com água e sabão ou higienize com álcool em gel.

Vamos cuidar da nossa saúde!

Um abraço.

Comente aqui.